50%

Teatro Rival Refit

Em sua origem, o Teatro Rival foi um dos principais palcos do Teatro de Revista. Depois, recebeu toda a geração do chamado Teatro do Rebolado. Em meio à ditadura militar, o caráter alternativo da casa foi enfatizado com os famosos shows de transformistas. De Grande Otelo e Oscarito à Rogéria e Divina Valéria, o Rival permaneceu como espaço democrático e grande referência da vanguarda carioca. Hoje, além dos shows, novas peças de teatro, projetos gastronômicos e animadas festas também fazem parte da programação.

Zélia Duncan

Avaliação de assinantes

1 assinante avaliou

A primeira quinzena de março fecha com rodada dupla de Zélia Duncan. Nos dias 26 e 27, a cantora e compositora leva, para o Teatro Rival Refit, o show “Tudo é um”, baseado no álbum de mesmo nome, lançado em 2019. Com uma levada “pop folk brasileiro”, esse CD traz parcerias de Zélia com Zeca Baleiro, Chico César, Dani Black, Fred Martins e Moska, com produção de Christiaan Oyens, parceiro de Zélia em vários de seus grandes sucessos como “Enquanto durmo”, “Sentidos” e “Não vá ainda”. A ideia foi voltar um pouco ao som que fazia no começo de sua carreira, no início dos anos 1990, agregando a bagagem dos 30 anos que se passaram desde então. Depois uma década de homenagens às obras de Luiz Tatit, Itamar Assumpção e Milton Nascimento, atuações em espetáculos teatrais e, claro, maratonas – Zélia é também atleta –, ela volta a gravar um disco autoral pop. É esse trabalho que a artista vai apresentar ao lado dos músicos Ézio Filho (direção musical e baixo), Christiano Galvão (bateria), Webster Santos (violões e guitarra) e Léo Brandão (teclados e acordeom). Uma ótima oportunidade para o fiel público do Rival matar a saudade de Zélia Duncan!

Data: 26 e 27 de junho (sexta-feira e sábado)
Horário: 19h30

Condições gerais:

Desconto de 50% na compra de até 2 ingressos. Mediante a apresentação de carteirinha física que esteja dentro do prazo de validade ou pelo aplicativo. Não cumulativo a outras promoções.